O que é Couchsurfing e como funciona

o que é couchsurinf e como usar

Vou tentar explicar de forma rápida e objetiva o que é Couchsurfing (adianto que não consegui)

O que é Couchsurfing? É uma rede social para pessoas que gostam de viajar e, principalmente, que gostam de conhecer pessoas e economizar enquanto viajam. E isso é o que faz a plataforma oferecer experiências incríveis. 

Diferente do TripAdvidor ou do Google Maps onde você consegue encontrar de forma fácil pontos turísticos, restaurantes, hotéis, vida noturna e etc com fotos e comentários dos usuários, o Couchsurfing te conecta com as pessoas e por isso ela se torna ainda mais social do que as outras duas plataformas.

Costumo explicar o que é Couchsurfing em três níveis (na verdade agora são quatro):

O que é Couchsurfing nível 1: encontros semanais dos membros da rede social:

Como moro em São Paulo, fica mais fácil de exemplificar. Toda terça feira acontece o encontro dos membros do Couchsurfing pelo centro de São Paulo – neste link tem mais detalhes. 

Nestes encontros normalmente temos 50% de moradores da região que gostam e participam bastante da comunidade e os outros 50% são turistas (tanto brasileiros quanto estrangeiros). 

A ideia inicial destes encontros é receber essas pessoas que estão viajando para quebrarem o gelo e terem uma ideia melhor sobre o que podem fazer por onde estão de passagem. Mas como os encontros são semanais e existem muitos participantes recorrentes, acaba que criam vínculos e amizades entre essas pessoas da região também. 

>> Veja algumas viagens que fiz.

Sempre que posso dou um pulo lá para ver o movimento e conhecer algumas pessoas de fora.

Quando fiz o intercâmbio em Toronto, no Canadá (veja matérias que fiz sobre a experiencia para o OiCanada), os encontros semanais por lá me ajudaram a conhecer pessoas que me receberam muito bem e que acabaram me levando para outros eventos fora desses encontros: reunião para assistir filme, passeios por parques e até subir em uma igreja cristã pois um dos membros do Couchsurfing tocava Caroline (se não me engano) que é um piano onde o som é feito com os sinos da igreja, que neste caso tem vários, com tamanhos e tons diferentes.  

>> Quer mais dicas de viagem?

Para participar desses encontros é só clicar no link que coloquei mais acima para verificar dia e horário do evento em sua cidade, não precisa de confirmação, esses encontros são abertos à todos.

O que é Couchsurfing nível 2: receber para um café e falar sobre a região

Eu coloco o nível de acordo com a atenção que é oferecida para os usuários.

sendo recebido para um café em cape town através do couchsurfing
Sendo recebido para um café pelo Andrew em
Cape Town através do Couchsurfing

No segundo nível de interação que existe no Couchsurfing é possível se conectar com moradores da região para onde está indo viajar antes mesmo da partida e se ele não está disponível para o nível 3 (que vou falar mais abaixo) é possível pelo menos marcar um café ou uma cerveja para se encontrarem pessoalmente e assim também ajuda a quebrar o gelo desta nova experiência e ter uma ideia do que fazer a partir da visão de uma pessoa local.

Você também pode receber para um café pelo Couchsurfing

Todas os tipos de interações do Couchsurfing podem ser vice e versa, então você que está conhecendo a plataforma agora também pode estar ativo na comunidade e receber viajantes para um café e falar sobre sua cidade.

Como ser recebido para um café pelo Couchsurfing

Foi assim que fui recebido pelo Andrew na África do Sul (veja como foi minha experiencia neste país). Depois de comprada as passagens comecei a fuçar no Couchsurfing. 

Primeiro inseri meu destino e a data criando uma viagem pública, assim, além de ter mais credibilidade nas interações, as pessoas de lá podiam me procurar por conta própria.

Depois disso feito pude entrar em contato com 10 pessoas por dia (é a limitação da ferramenta). Na plataforma tem filtros de cidades e de tipos de disponibilidade que as pessoas aceitam, que são mais ou menos estes níveis que estou colocando. Conversei com bastante gente, alguns até marquei de nos encontrar por lá, mas acabou não rolando no final. 

Como foi ser recebido para um café em Cape Town através do Couchsurfing

Com o Andrew deu certo, logo que voltei da Namíbia (vou falar mais sobre essa viagem) ele me recebeu para um café, quebramos o gelo e fomos tomar uma cerveja artesanal, depois fomos próximo ao bairro que ele mora para comer alguns salgados populares na região e que estão fora do menu turístico.

Ele me deu dicas de lugares para ir e como pegar transporte público em Cape Town (saiba mais sobre essa viagem). Então criamos amizade e em um outro dia fui tomar uma cerveja com alguns amigos dele em um bar onde as pessoas de lá costumam ir.

das vinicolas para o aniversário
Das vinícolas para o aniversário.

No sábado fomos até as vinícolas de Cape Town, passeio que não estava em meus planos, mas sem ter que pagar por um guia turístico valeu muito a pena. Finalizamos em um aniversário de uma amiga dele em um bar em um bairro mais afastado e tudo isso sendo apenas eu o gringo por lá. Foi uma experiência que dificilmente eu teria sem o Couchsurfing e por conta dessa amizade criada, o recebi para o nível 3 alguns meses depois.

Eu também já recebi para um café pelo Couchsurfing

Além disso, eu também já recebi algumas pessoas para um café, mas foi no Canadá mesmo eu não sendo local. Uma vez um francês que recebi com um amigo meu japonês e um suíço da escola que eu estudava lá, da outra vez outro Francês, mas ele não estava fazendo turismo, ele estava criando um app que traduzia palavrões em vários idiomas e me pediu para ser a voz em Português do Brasil.rs Deu certo e às vezes acontecem algumas coisas inusitadas nestas plataformas mesmo. 

O que é Couchsurfing nível 3: disponibilizar um sofá para os viajantes

Como comentei acima, o Andrew já tinha planos de vir para o Brasil e quando veio ele dormiu no sofá da minha casa (é um sofá que é colchão, então é confortável.rs). E este é o terceiro nível do Couchsurfing e a tradução de seu nome: “surfando por sofás” – se a tradução não for essa por favor me corrijam..hehe  

Disponibilizando sofá pelo Couchsuring
Eu e Andrew em São Paulo.
Disponibilizando sofá pelo Couchsurfing

Dentro da minha disponibilidade nos horários livres, saímos bastante por São Paulo e enquanto eu trabalhava ele fazia seu turismo pela região. 

O que é Couchsurfing: a incrível conexão entre as pessoas

E essa é o grande diferencial do Couchsurfing, ele conecta pessoas que gostam de pessoas. Pessoas que gostam de conhecer outras e não se importam em ceder um sofá, dedicar um tempo desde que dentro da agenda para conversar, interagir e mostrar coisas novas para outras pessoas. E o que mais gosto é que em todas as minhas experiências sentia que o que importava era apenas o outro: não tinha interesse profissional, não tinha interesse sexual, não tinha interesse financeiro (a não ser economizar um pouco com um sofá sem precisar pagar hospedagem). 

Também recebi pessoas que não conhecia pelo Couchsurfing

Além do Andrew recebi pelo Couchsurfing o Jorge, que veio de Belo Horizonte fazer um teste em São Paulo. No caso dele eu estava em um final de semana agitado então não consegui dar muita atenção, mas o deixei bem à vontade e com a chave reserva, desta forma ele fez o que tinha que fazer em São Paulo economizando estadia.

Eu mesmo ainda não fiquei em nenhum sofá, mas pretendo em breve. Me acompanhe no Instagram pois se conseguir essa experiência vou compartilhar por lá 🙂

O que é Couchsurfing: como achar sofá disponível

E na plataforma é simples achar pessoas que tem sofá disponível, o difícil é ter compatibilidade de datas. É só seguir os passos do Nível 2 procurando quem tem sofá dentro das datas da viagem. E se quer receber as pessoas é só deixar o seu perfil com sofá disponível que as pessoas te acham. 

O que é Couchsurfing nível 4: disponibilidade para Hangout, ou em português, estar livre para sair.

Essa funcionalidade é relativamente nova e só vi disponível pelo app, antigamente existiam apenas as discussões na plataforma, que é do mesmo lugar que surgem os encontros semanais. Então a pessoa criava uma discussão nova falando que estava na cidade e que queria fazer algo que outras pessoas disponíveis respondiam na sequência.  

Mas o hangout do Couchsurfing me ajudou muito no primeiro dia na África do Sul. Como fiquei em um Hostel meio boutique demorei um pouco mais do que o normal para interagir com as pessoas, ainda mais por conta do idioma ser o inglês e eu estava com o meu meio enferrujado no começo. E então descobri sem querer essa funcionalidade.

Como usar o Hangout do Couchsurfing

No app tem um botão em destaque no rodapé chamado hangout (ilustrado por um ícone com duas pessoas), você aperta, entra nesta página, coloca que está disponível para hangout, ele fica ativo por algumas horas e começa a aparecer vários grupos de pessoas que também estão disponíveis e marcando algumas coisas, e o melhor, ele mostra esses grupos por distância de onde você está. 

Minha primeira experiencia com o Hangout do Couchsurfing

Experiencia com o Hangout do Couchsuring em Cape Town, Afirca do Sul
Primeira vez que usei o
Hangout do Couchsurfing

Quando ativei apareceu um grupo criado pela Christina, se não me engano, uma chinesa que morava nos EUA há algum tempo e estava na África do Sul a passeio, neste grupo tinha mais umas duas pessoas. Falei um oi para saber que estavam em um bar perto do hostel e então fui para lá tomar uma cerveja, além dela tinha uma americana, uma australiana e dois brasileiros sem contar eu. Foi uma cerveja muito boa. 

Depois da primeira continuei usando o Hangout do Couchsurfing

hangout do couchsurfing o que é
Com a Eva através do hangout do Couchsurfing
quando eu estava na Namíbia

Na Namíbia também usei a funcionalidade quando cheguei na capital Windhoek. Ativei a funcionalidade, lá tinha apenas dois grupos. Em um deles a Eva, que era de lá mesmo, interagiu rápido e fomos jantar em um restaurante turístico da cidade. Com ela a amizade também fluiu bem e no dia seguinte, com mais três pessoas que conheci no hostel (um deles um alemão que também passou uns dias na minha casa um ano depois), fomos em um evento em uma casa de jazz perto de onde estava hospedado. Era dia da Independência da Namíbia e teve um show especial com jazz cantado em uma das línguas das tribos locais, foi muito bom e a noite acabou se estendendo até uma outra festa que estava acontecendo lá perto. Também foram experiências que não teria vivido sem o Couchsurfing.   

E então o que é Couchsurfing

Não consegui resumir em poucas palavras o que é Couchsurfing, mas se gosta de viajar e conhecer pessoas, vale muito a pena fazer parte da comunidade. Quem sabe não consegue realizar a viagem dos seus sonhos economizando com estadia que é um dos maiores custos dessas experiências? Não pensa não, só vai. 

>> Acompanhe O Mundo em Lanches no Youtube – em uma viagem pelas Américas para entender melhor gastronomias locais além de experiencias com pessoas e lugares
>> Veja mais experiências de viagens

Se já usou o Couchsuring, me conta como foi sua experiência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *