Lion’s Head a trilha da incrível montanha de Cape Town
Como foi a subida da Lion's Head em Cape Town

Lion’s Head a trilha da incrível montanha de Cape Town

A Lion’s Head é um dos pontos turísticos mais procurados em Cape Town, África do Sul.

Um dos pontos turísticos mais procurados em Cape Town é a Lion’s Head. E não é à toa. A montanha, bem menor do que a Table Montain (veja como foi a subida), também é destaque no cenário maravilhoso do centro expandido da cidade. Não tem como estar lá e não prestar atenção nela.

Esse passeio também estava em meus planos, lógico, mas sem dia certo para ir. Então, após meu café da manhã no meu segundo dia de retorno à Cape Town, conheci uma brasileira que falou que estava indo para a Lion’s Head mais no final do dia. Me convidei para acompanhá-la. 

>> Veja minhas outras experiencias em Cape Town
>> Me acompanhe no Instagram para mais relatos, dicas e experiências – Schm.Go

As 17h, depois de cada um fazer seus passeios, começamos a subir a montanha. O dia estava lindo. No topo da montanha víamos um filete de nuvem raspando rapidamente.

Filete fino de nuvem no topo da Lion's Head em cape town
Filete fino de nuvem no topo da montanha

O início da subida da Lion’s Head em Cape Town

O começo da trilha é bem fácil, uma estradinha de terra batida com um pouco de pedra espalhada. Conforme fomos dando a volta na montanha (é assim que a sobe, rodando), a terra acabou e virou um caminho de pedras, ainda tranquilo e com alguns roedores grandes passando.

Vista de Camps Bay na subida da Lion's Head
Vista de Camps Bay na subida da Lion’s Head

Quando chegamos novamente na frente da montanha, com uma vista espetacular (alerta de spoiler: a melhor que podemos ver neste dia) o caminho de pedra ia ficando mais estreito. Além disso o filete de nuvem do começo da caminhada virou uma neblina mais densa. 

Continuamos até um trecho que tinha duas opções, uma trilha um pouco mais íngreme ou uma tipo escada que funcionava também como um atalho, escolhemos a segunda. 

Chegando no topo da Lion’s Head em Cape Town

Ao chegar no topo da escada o caminho era como outra escada, mas dessa vez de pedras. A gente suava para subir e passava por nós um monte de atleta que devia fazer isso quase todos os dias. O vento estava mais forte e as nuvens ainda mais densas.

Lion's Head
Aqui já estamos descendo, mas essa é a escada de pedras

Enfim chegamos ao topo. Não vimos mais cidade ou paisagem. Mas foram 5 minutos incríveis onde parecia que tínhamos escalado até chegar em cima das nuvens. Após estes 5 min ficou tudo branco e voltamos a descer.

5 minutos incríveis acima das nuvens na Lion’s Head em Cape Town

Se for para Cape Town, tire um final de dia para essa experiência, vale a pena. Veja mais dicas dessa cidade maravilhosa. 

A subida é mais técnica do que a Table Montain, mas é bem menos cansativa.

Subindo a Lion's Head
Subindo a Lion’s Head

A descida foi mais tranquila, mas quando chegamos na parte de terra já estava bem escuro e acabei torcendo o pé de leve..hehe

Como chegar na trilha?

Eu acabei pegando um uber do hostel que ficava a menos de 10km e ficou em torno de R$ 12,00.

Mas também dá para ir de ônibus usando a linha MyCiti, é só descer na parada Kloof Nek, que fica próximo a rotatória e fazer uma caminhada de 1km mais ou menos. 

Neste blog achei mais dicas sobre estrutura, cuidados e etc, vale conferir.

Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches
Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches

Sou Rodrigo Schmiegelow (Schmi), gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América (acompanhe no Instagram) para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. 

Schmiegelow

Sou Rodrigo Schmiegelow, publicitário nascido em 86. Gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América - do Ushuaia ao Alaska - para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches, onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. E é só o começo, o plano é conhecer o mundo e trazer tudo para você! Acompanhe!

Deixe uma resposta