Ilha Grande Um Paraíso no Sudeste Brasileiro
ilha grande um paraiso no sudeste brasileiro

Ilha Grande Um Paraíso no Sudeste Brasileiro

Ilha Grande, um Paraíso no Sudeste Brasileiro. Quem conhece sabe, quem não conhece tem que conhecer! 

Na costa verde carioca se encontra a Ilha Grande, um paraíso no sudeste brasileiro composto por quase 200 ilhotas que formam seu arquipélago. 

São mais de 100 praias e diversas cachoeiras que podem ser exploradas a pé por trilhas, pelo mar com lanchas ou através de um dos barcos que funcionam como um ônibus da região rodeando toda a maravilhosa ilha. 

Leia esta matéria do meu amigo Rod de Mochila contando sobre seu trekking de 8 dias na região, imperdível.  

ilha-grande-um-paraiso-no-sudeste-brasileiro
ilha grande um paraiso no sudeste brasileiro

Quem sou eu?

Sou Rodrigo Schmiegelow, publicitário nômade digital, sempre tive o sonho de viajar e conhecer cada porção do mundo: lugares, culturas, pessoas e gastronomias…

Eu tenho essa paixão por novidades desde meus 15 anos, quando surgiu o desejo de viajar. Depois de mais de 18 anos com isso apenas na cabeça eu comecei a acreditar nesse sonho como algo que realmente poderia acontecer, foi quando eu reorganizei minha vida, juntei dinheiro, conquistei clientes que me oferecem flexibilidade e fui para essa aventura.

Hoje eu sou nômade digital, você sabe O que é ser nômade digital?

Trabalho com Marketing Digital, uma das áreas mais flexíveis seja para atender os seus próprios clientes ou para abrir negócios online, conheça mais no meu site caranaue.com onde tem muitas matérias sobre o assunto.

Graças a essa flexibilidade, realizei uma longa viagem pela América do Sul no último ano passando por mais de 140 cidades em 5 meses e vou contar um pouco desta jornada por aqui, acompanhe!

E siga o projeto O Mundo em Lanches no Instagram porque em breve continuo a viagem pelo Brasil! Além de me dar uma força para seguir nessa jornada 😉

Onde fica a Ilha Grande? 

A Ilha Grande fica no Estado do Rio de Janeiro, a cerca de 150 quilômetros de Angra dos Reis e o acesso é feito apenas pelo mar. 

Como chegar neste paraíso no Sudeste Brasileiro? 

Existem três opções mais conhecidas. 

Centro da cidade de Mangaratiba: mais próximo do Rio de Janeiro; traslado com barca da CCR;

Conceição de Jacareí que é um bairro de Mangaratiba na divisa de município com Angra dos Reis; tem a maior oferta de horários com escunas e barcos rápidos;

Centro da cidade de Angra dos Reis: mais próximo de São Paulo; traslado com barca da CCR, escunas e barcos rápidos.

Quando eu fui, acessei pelo Porto Angra dos Reis em uma pequena lancha que consegui passagem na hora que cheguei por lá. 

Além de mim e da minha irmã tinha mais um casal junto. 

A travessia por este trecho é bem tranquila pois pega uma bacia d’água evitando muita ondulação no mar – lógico, depende um pouco do tempo. 

Como voltar da Ilha Grande

Até mais importante do que ir é saber como você vai voltar da ilha, dependendo da praia que ficar não têm traslado com tanta frequência então é bom já deixar algum reservado antes de ir ou logo que chegar. 

Eu acabei atrasando minha saída pois não reservei antes e o barco que o dono da pousada conseguiu, demorou para chegar. 

Onde ficar na região? 

Em várias praias da Ilha Grande, um paraíso no sudeste brasileiro, é possível conseguir estadia. 

A mais famosa por ser no centro e contar com infraestrutura de bares e restaurantes é a Vila do Abraão – um dos motivos da popularidade também é por ser o acesso mais próximo ao Rio de Janeiro. 

Eu fiquei na Praia de Araçatiba, o segundo maior vilarejo da região. A escolhi por ser menos movimentada e porque as praias próximas pareciam mais bonitas e próprias para banho, diferente da Abraão. 

Foi uma boa escolha! De fato tinham praias bonitas na região e opções de restaurantes, mais do que o suficiente para aproveitar o pequeno período que fiquei por lá. 

As praias da Ilha Grande, um paraíso no sudeste brasileiro

Como comentei antes, a Ilha contém mais de 100 praias e fiquei apenas duas noites por lá, então vou destacar as que conheci no único passeio que consegui fazer no período. 

Praia do Aventureiro – famoso coqueiro deitado

Essa foi a praia que mais me encantou por suas águas de cor azul turqueza e vários barcos de pescadores a atracados 

Sua modesta vila de pescadores praticamente parou no tempo guardando muito da cultura local com pouco mais de 100 moradores nos dias de hoje. 

São cerca de 500 metros de areia fina e prateada, fundo raso e consistência, água límpida e mar agitado. 

Pelo passeio que fiz, fiquei pouco mais de duas horas aproveitando a região. Em uma das poucas lanchonetes na orla, comi um lanche natural com abacaxi, que gostei muito, mas para minha irmã não agradou tanto.  

praia-do-aventureiro
praia do aventureiro

Praia dos Mero

Nela é possível ver vestígios de antigas civilizações que habitaram a ilha a cerca de 3.000 anos atrás, eu não tive a oportunidade de ver pois fiquei pouco.

Sua água é verde azulada com areia branca, branca. 

Fizemos um rápido mergulho com Snorkel para ver a linda vida marinha da região. Algumas pessoas conseguiram até ver tartarugas. 

Nem percebemos a ligeira correnteza enquanto íamos para o fundo observando os corais, peixes e pedras, mas ao voltar me assustei tendo que me esforçar para conseguir voltar a areia.   

Provetá 

Em Provetá fizemos uma passagem rápida para o desembarque de alguns passageiros do passeio, vimos a linda praia apenas de dentro da lancha do passeio. 

Provetá é o segundo maior vilarejo da Ilha Grande, com 1.500 habitantes e foco maior em atividade pesqueira, e não em turismo como em Lopes Mendes, do outro lado da ilha.  

E também a principal porta de acesso terrestre a Praia do Aventureiro e a Praia dos Meros. 

Enseada de Araçatiba 

Foi a praia que escolhi ficar por ser a segunda principal em turismo, com boas opções de pousadas e menos agitada do que Lopes Mendes. 

Por lá também tem várias opções de caminhadas ecológicas e onde começam vários passeios de barco. 

Sua areia grossa e amarela reflete em uma linda praia de água azul escura. 

O mar estava um pouco agitado, mas mesmo assim conseguimos usar o Snorkel da pousada para ver alguns peixes entre as pedras na beira da praia. 

enseada-de-araçatiba
enseada de araçatiba

Praia Longa

Ao lado da Enseada de Araçatiba conseguimos conhecer a bela Praia Longa, que não é muito longa por sinal, mas é muito bonita com um pequeno vilarejo em destaque ao seu redor. 

Areia amarela escura e águas esverdeadas. 

Também nadamos um pouco com snorkel na parte rasa observando os peixes que têm por lá. 

Um fim de tarde bem gostoso finalizado com uma leve garoa. 

Inscreva-se, acompanhe as novidades e em breve meu livro 🙂

* indicates required

E como é comer na Ilha Grande? 

Tanto na Enseada de Araçatiba quanto em Lopes Mendes, você encontra muitas opções com preços relativamente bons. 

Comi uns pratos com peixe na pousada, um hambúrguer perto da praia e um prato feito por lá também. 

Se você gosta desse tipo de assunto, recomendo que leia Pratos típicos da América do Sul

Claro que é um pouco mais caro do que em outras regiões porque tudo chega lá pelo ar, o que encarece um pouco o produto final. 

O site oficial da Ilha Grande Um Paraíso no Sudeste Brasileiro é muito legal e tem bastante informação, se tiver indo para lá,vale muito fuçar o portal da ilha. 

https://www.ilhagrande.com.br/

Se você gosta desse tipo de texto, recomendo que leia As paisagens da América do Sul

Está indo para Ilha Grande, me conte suas expectativas nos comentários. 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments