Culinária Paraense, os 6 pratos típicos imperdíveis do Pará
Culinária Paraense, os 6 pratos típicos imperdíveis do Pará

Culinária Paraense, os 6 pratos típicos imperdíveis do Pará

Culinária Paraense, rica pela diversidade e identidade única, muito influenciada pela Amazônia, então nesta publicação listei os 6 pratos imperdíveis do Pará

Quando eu estava planejando minha viagem para o Pará ouvi muito sobre a culinária paraense, mas nunca imaginei que me surpreenderia tanto. Então listei os 6 pratos imperdíveis do Pará a partir do que pude experimentar em minha viagem para o norte do Brasil.

A lista ainda conta com dois ingredientes incríveis que vai encontrar por lá, uma cervejaria que tem que experimentar se gosta de uma cervejinha, além do clássico sorvete da região. 

Antes de continuar, deixe eu me apresentar:

Sou Rodrigo Schmiegelow

Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches
Rodrigo Schmiegelow em O Mundo em Lanches, conheça o projeto.

Publicitário especializado em Marketing Digital e atualmente Nômade Digital, isso é, tenho liberdade geográfica e trabalho de qualquer lugar do mundo.

Inclusive é por isso que posso ter experiências incríveis como essa, de conhecer a comida típica do pará.

Iniciei uma viagem pelo mundo para conhecer lugares, culturas e culinárias regionais e vou trazer grandes surpresas a partir dessas experiências.

Siga o blog do Projeto O Mundo em Lanches pelo Instagram e Facebook e acompanhe todas as novidades.

Viagem de Moto passando por Uruguai, Argentina e Chile
Viagem de Moto passando por Uruguai, Argentina e Chile

Comecei essa jornada de moto pela América e vou continuar por bastante tempo.

Consegui me tornar nômade digital porque desenvolvi a Metodologia Marketing Digital 5.0 que me oferece essa flexibilidade!

Estou compartilhando um pouco deste conhecimento para pessoas que também querem ter essa flexibilidade atendendo os próprios clientes.

Você pode saber mais sobre a Metodologia nesta matéria no blog da caranaue, minha empresa dessa área.

A partir da minha experiência também criei o e-book Mentalidade Empreendedora que mostra um pouco da mentalidade dos empreendedores de sucesso.

Você pode baixar grátis clicando aqui: Mentalidade Empreendedora, é um material muito legal, você vai gostar!

Aproveite o restante do conteúdo.

Um pouco sobre a Culinária Paraense

O Brasil é culturalmente rico pela mistura que tivemos por aqui, desde os índios que sabiam usar a natureza sem degradação, até a chegada dos europeus que trouxeram os escravos e a imigração em massa que tivemos nos últimos séculos por vários motivos. 

>> Conheça também: o que é Pequi, fruto típico do cerrado

O norte do Brasil também têm essa miscigenação, mas com grande parte do território sendo a Floresta Amazônica foi a região do país que mais conseguiu preservar a cultura indígena, para mim a mais original brasileira.

Com a influência de ingredientes amazônicos que os índios sabiam usar muito bem e a chegada de estrangeiros, em especial dos africanos, esses ingredientes receberam técnicas de preparo diferentes originando a rica e saborosa culinária paraense, com identidade única.

>> Leia também: se gosta de culinária regional, vai gostar de saber um pouco mais sobre a gastronomia tipica de São Paulo

Dois dos principais ingredientes da Culinária Paraense

São muitos os ingredientes presentes no norte do Brasil mas têm dois que chamam muito a atenção por ter características únicas e por serem usados com frequência na maioria dos pratos típicos imperdíveis do Pará. 

São eles:

1. O delicioso e saboroso Tucupi

Presente em vários pratos que vou citar mais abaixo, o Tucupi é um caldo extraído da mandioca brava depois de descascada, ralada e espremida. 

O que é Tucupi - comida típica do Pará - Culinária Paraense
O que é Tucupi – comida típica do Pará

Após este processo ainda descansa para separar a goma do líquido e depois é cozida para eliminar o veneno. 

A finalização do processo é com a fermentação que dura entre três e cinco dias.

Só depois de tudo isso o Tucupi é usado na gastronomia como um caldo delicioso que pode aparecer nos pratos como tempero ou um tipo de acompanhamento.

Seu gosto tem uma certa suavidade e uma ligeira cremosidade, é incrível. 

2. Jambu, a famosa erva que adormece a boca

O Jambu é uma erva amazônica que contém uma substância chamada espitantol que aumenta a salivação e causa leve dormência na boca. 

O Jambu do Pará, a erva que adormece a boca - Culinária Paraense
O Jambu do Pará, a erva que adormece a boca

Essa erva de sabor muito particular também está presente em vários pratos regionais, às vezes como tempero e outras vezes apenas para complementar com um pouco da erva por cima. 

Quando comi a folha da erva no prato, senti uma leve dormência na boca, mas ao tomar a famosa Cachaça de Jambu, que recebe a flor da erva para ser curtida por um tempo no líquido já destilado, a sensação de dormência é muito maior. 

Além destes dois ingredientes que destaquei, existem muitos outros na região, alguns presentes no nordeste também como o camarão seco. 

Como não sou especialista em gastronomia vou seguir falando da minha experiência no norte do Brasil ao invés de entrar no detalhe de tudo o que vi por lá. 

Os 6 pratos típicos imperdíveis do Pará

A minha viagem aconteceu em um recesso de final de ano, então acabei ficando apenas 5 noites entre Belém do Pará e Ilha do Marajó, a famosa Ilha dos Búfalos. 

Neste curto período consegui experimentar bastante coisa, entre os destaque estão os pratos que listo abaixo na ordem da minha preferência:

1. Prato Típico do Pará: Arroz Paraense 

Eu sou um experimentador, quando fui para a Namíbia cheguei a provar taturana que vira mariposa, mas acho que o conforto de um prato que já comi parecido fez com que o suculento arroz paraense fosse meu destaque na gastronomia deste estado. 

O Arroz Paraense - Comida Típica do Pará - Culinária Paraense
O Arroz Paraense – Comida Típica do Pará

Mesmo com ingredientes fortes como a folha de Jambu e o Camarão seco, este acompanhamento presente em muitos dos pratos regionais tem uma suavidade saborosa por conta de seu ingrediente principal: o Tucupi

Este prato você deve experimentar mesmo que tenha restrições com o paladar. 

Onde comer: na maioria dos restaurantes da região.

2. Comida Paraense: Polpa de Açaí do Pará

A polpa do açaí é muito diferente do açaí processado que encontramos em outras regiões do Brasil. 

É um pouco mais pastoso e salgado.

A polpa da fruta açaí fresca é extraída na hora em umas máquinas que se encontram nos restaurantes ou quiosques. 

Quando a polpa é extraída costumam jogar umas pedras de gelo para conserva-la por mais tempo. 

No Pará o pessoal come o açaí com tudo quanto é tipo de mistura (em São Paulo chamamos de mistura a proteína que está no prato), às vezes até com arroz.

Polpa de Açaí do Pará - Comida Típica do Pará

Eu comi com peixe frito e farofa de tapioca e d’água

Onde comer: no Mercado Ver-o-Peso em Belém do Pará tem vários quiosque onde você encontra este prato com peixe frito, camarão seco ou outras proteínas. 

3. O delicioso Tacacá

Com Goma de Tapioca, Camarão Seco, Caldo de Tucupi e Folha de Jambu este caldo de origem indígena esquenta até a alma. 

Muito popular no norte do país, encontrei em vários lugares em que passei em Belém do Pará. 

O que é Tacaca - prato típico do norte do Brasil - Culinária Paraense
O que é Tacaca – prato típico do norte do Brasil

O caldo chega pelando em uma cumbuca bem tradicional.

Onde encontrar: também é um prato típico do Pará encontrado em quase toda esquina, seja em restaurantes, fast foodies locais ou em barracas de comida de rua. 

4. A surpreendente Maniçoba é um prato muito típico da culinária Paraense

Famoso por ser a feijoada do Pará, este prato tem sabor e textura muito particular e por isso surpreende. 

O que é Maniçoba - Comida Típica do Pará - pratos imperdíveis do Pará
O que é Maniçoba – Comida Típica do Pará

Essa comparação com a feijoada acontece por usar praticamente todos os ingredientes defumados do prato mais famoso do Brasil, mas ao invés do feijão preto, a maniçoba usa as folhas de mandioca depois de um longo processo para extração do veneno, explico melhor aqui

O comparativo com a feijoada também acontece por conta da história do prato, que juntou técnicas indígenas com outras africanas até chegar em como ele é conhecido hoje em dia, também expliquei melhor no mesmo link

Onde encontrar: eu comi em uma barraca próxima ao Trapiche de Icoaraci quando voltei da Ilha de Cotijuba, mas também é muito popular em barracas nos principais pontos turísticos da região. 

5. Os 5 Melhores Peixes do Pará

Peixes, peixes e mais peixes.

Eu amo peixe e por conta da Amazônia com seu clima e geografia muito particulares, o Pará têm um rico complexo hidrográfico, o que faz a culinária paraense também ser muito influenciada pelos peixes de rio da região

Os 5 Melhores Peixes do Pará - pratos imperdíveis do Pará
Os 5 Melhores Peixes do Pará

Por lá experimentei o Filhote, Tucunaré, Pirarucu, Pacu e Dourado, falei melhor neste publicação com a lista dos 5 peixes que preferi na região

Onde encontrar: em quase todos os restaurantes regionais. O Remanso do Bosque e Remanso do Peixe são muito famosos, mas consegue com experiência e preços mais acessíveis em outros lugares. 

6. Carne de Búfalo da Ilha do Marajó 

Outra proteína muito famosa no Pará é a carne de búfalos encontrada na Ilha do Marajó, umas três horas de viagem de barco a partir de Belém do Pará. 

Carne de Búfalo na Ilha do Marajó, pratos imperdíveis do Pará
Carne de Búfalo na Ilha do Marajó, no Pará

A lenda diz que um navio que trazia búfalos da China para América Central naufragou perto da costa e os búfalos nadaram até a Ilha. 

Percebendo o valor pecuário, os fazendeiros locais começaram a explorar estes animais. 

Hoje a Ilha é tomada por búfalos fazendo o papel de bois e cavalos pela região. 

Este animal também influencia a culinária típica da região com a maioria dos restaurantes oferecendo esta proteína com diversos preparos diferentes. 

Além da presença do queijo de búfala por toda a área. 

Onde encontrar: em toda a Ilha do Marajó ou no Mercado Ver-o-Peso em Belém do Pará. 

O que mais encontra na Culinária Paraense?  

Essa é uma lista apenas com o que consegui comer nesta minha viagem.

Na verdade cheguei a experimentar o Vatapá do Pará, mas como tinha acabado de voltar do Boteco Meu Garoto após beber algumas doses de Cachaça de Jambu, eu não lembro muito bem da experiência. 

Por lá também queria ter provado o Pato no Tucupi e as caldeiradas de peixes, mas o tempo curto e o custo não me deixaram. 

Como falei no começo, abaixo deixo mais duas dicas. 

Cervejaria Amazon Beer

Essa cervejaria na Estação das Docas usa ingredientes de origem amazônica para trazer uma experiência local bem especial na degustação de cervejas e chopes. 

Cervejaria Amazon Beer em Belém do Pará
Cervejaria Amazon Beer em Belém do Pará

A de Açaí foi que mais me chamou a atenção, mas também tem de bacuri (fruta local), Priprioca (árvore amazônica), Cumuru (um tipo de vagem), entre outras. 

Vale experimentar!

Sorveteria Cairu com frutas da amazônia

Outro lugar muito famoso na região é a sorveteria Cairu, conhecida por usar frutas da Amazônia nos sabores dos sorvetes e pela qualidade do produto. 

Experimentei o sorvete de Murici, muito gostoso. 

Onde encontrar: eles têm várias lojas, mas comi o meu na Estação das Docas. 

Nesta publicação você conseguiu ter uma ideia da riqueza da culinária paraense

Se já experimentou me fale o que achou nos comentários 🙂 

E se for de São Paulo, pode experimentar boa parte da lista dos 6 pratos imperdíveis do Pará no Quintal Paraense – clique aqui!

>> conheça as comidas típicas do Cerrado!

E VOCÊ, QUER TER A MENTE EMPREENDEDORA?  

A mudança de mentalidade é essencial para ser uma pessoa de sucesso nos negócios por conta disso preparei o e-book mentalidade empreendedora que você pode baixar grátis.

e-book Mentalidade Empreendedora
e-book Mentalidade Empreendedora

Leia também:

Schmiegelow

Sou Rodrigo Schmiegelow, publicitário nascido em 86. Gosto de viajar e conhecer novos lugares e culturas desde os 11 anos. Passei pelo Canadá, África do Sul e Namíbia e agora estou em uma viagem de moto sozinho pela América - do Ushuaia ao Alaska - para conhecer lugares, pessoas e gastronomia regional simples para o meu projeto O Mundo em Lanches, onde vou transformar essas experiências em lanches deliciosos. E é só o começo, o plano é conhecer o mundo e trazer tudo para você! Acompanhe!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta